A «MISTERIOSA» BOLA GIGANTE ACHADA NA FORESTA: AS FOTOS

esfera-gigante

Imagine a expressão de maravilha no rosto de Semir Osmanagic, arqueólogo bósnio que viaja em todos os cantos de sua terra natal em busca de informações valiosas e achados para reconstruir peças importantes da história humana. E, perto da cidade bósnia de Zavidovici, em uma floresta exuberante, encontrou uma pedra enorme com um diâmetro de mais de um metro e meio, com um conteúdo de ferro muito alto.

1º ACHADO

A pedra remonta a mais de 1.500 anos atrás, e de acordo com o arqueólogo é uma descoberta muito importante, que demonstra o alto grau de tecnologia atingido pelas civilizações antigas. Segundo o pesquisador Sam Osmanagich, que também esteve envolvido na pesquisa, na região havia muitas esferas que nos anos setenta foram desmontadas porque acreditava-se que escondessem ouro dentro. Não é a primeira vez que anuncia descobertas sensacionais Osmanagic, arqueólogo que em 2005 argumentou que no vale Visoko na Bósnia houvessem antigas pirâmides ligadas por túneis subterrâneos. O governo bósnio, apesar do ceticismo de muitos dos próprios colegas do arqueólogo, financiou a pesquisa e as escavações. Não há canto do mundo que não esteja envolvido com descobertas incomuns e sensacionais, envoltas no mistério. 

mar-baltico-discos

2º ACHADO

Algumas descobertas arqueológicas são destinadas a derrubar o conhecimento consolidado da história e da civilização. Às vezes, os mesmos pesquisadores não conseguem explicá-las completamente e dar uma localização histórica exata. Basta pensar na estranha descoberta feita no mar Báltico: mergulhadores suecos descobriram uns grandes discos no fundo do mar.

Os discos eram apoiados em varas e sua construção se assemelhava á escadas e levava até um enorme buraco. Para que servia essa "construção"? Quem trouxe esses discos até as profundezas do mar? Ainda hoje, apesar do fato que esta descoberta sensacional foi feita cinco anos atrás, ninguém foi capaz de explicar.

Página 1 de 2
Responsive Menu Clicked Image