Altruísta como um rato

rat360

Entre salvar um companheiro do afogamento e pegar um pedaço de chocolate,os animais fazem a escolha mais generosa. É um exemplo de altruísmo genuíno? Se um companheiro está em apuros, um rato o ajuda, mesmo que isso signifique abrir mão de algo de que realmente gosta: de um pedaço de chocolate. É a observação de um comportamento que, muitos não hesitam em definir altruísta feito por um grupo de pesquisadores japoneses e relatada na revista científica Cognition Animal. O debate está prosseguindo há algum tempo: se altruísmo e empatia, o "sentimento" que seria á base desses comportamentos, é uma característica única dos seres humanos (embora muitas vezes as reportagens infelizmente levam à tona a pergunta sobre o que é realmente universal em nossa espécie) ou se é uma característica que se desenvolveu no decurso da evolução e, portanto, pertence também aos outros animais, primatas ou mamíferos.

Página 1 de 4
Responsive Menu Clicked Image