AS PROPRIEDADES DOS MIRTILOS

mirtilos-pretos-vermelhos

Saborosos e ideais para a preparação de doces e bolos, os mirtilos são frutos silvestres que são apreciados por suas excelentes propriedades nutricionais: comidos sozinhos ou combinados com um iogurte, batidos no leite inteiro, em pedaços ou centrifugados, são uma benção não só para o paladar, mas também para o resto do organismo. São, de fato, antioxidantes naturais muito poderosos, que permitem de neutralizar a ação prejudicial dos radicais livres, graças ao teor de vitamina C que os distingue. O verdadeiro ponto forte destes pequenos frutos, em qualquer caso, é representado pelas antocianinas, que pertencem à categoria dos flavonóides. Não só: o mirtilo também é considerado um excelente anti-inflamatório, com especial referência aos distúrbios intestinais. Precisamente por esta razão, é usado em caso uma pessoa tenha que lidar com úlceras e diarreia: alivia e esvazia, agindo na atividade intestinal enzimática e, consequentemente, proporcionando uma contribuição positiva para a sua motilidade.

Muitos estudos em seguida, mostraram as propriedades anticancerígenas destas frutas silvestres: o mérito é do resveratrol e, mais uma vez, das antocianinas, que desempenham uma ação preventiva importante, agindo diretamente sobre o sistema imunológico e fortalecendo a sua capacidade defensiva . Ricos em sais minerais e vitaminas, os mirtilos devem ser consumidos com frequência, especialmente no outuno, pois asseguram uma ingestão de ácido fólico e potássio: o conselho, é claro, é de alternar o seu consumo com aquele de outros frutos. Por outro lado, vale destacar que os mirtilos são recomendados para pessoas que têm a ver com problemas de natureza venosa, tais como hemorróidas, varizes, cãibras e pernas inchadas. Em conclusão, muitas questões relacionadas ao movimento podem ser atenuadas, especialmente durante o verão quando costumam se intensificar, com os mirtilos; mas não é tudo(CONTINUA NA PÁGINA 2).

Página 1 de 3
Responsive Menu Clicked Image