ENTERRA UM TUBO DE PLÁSTICO NO VASO: QUANDO VOCÊ VAI DESCOBRIR O MOTIVO IRÁ FAZER LOGO!

criar-tubo-vaso

The Garden Tower, no Brasil chamado de Torre das Flores, é uma ideia que virou viral nos Estados Unidos a partir do conceito básico de reciclagem do lixo. É de fato um período particular para o nosso planeta, onde as pessoas falam e há muita discussão sobre as técnicas a serem realizadas para ter um impacto menor sobre o meio ambiente, a partir do lixo que produzimos. Apesar do fato que a ilegalidade seja ainda comum e empresários sem escrúpulos, bem como diretores executivos ou trabalhadores descuidados, às vezes usem a eliminação ilegal de material tóxico ou poluente, o way of living dos cidadãos, felizmente, está sempre mais perto de soluções em vantagem da natureza e da "consciência".

Entre essas soluções há uma que está provando-se particularmente bem sucedida. Um vídeo Norte-americano mostra como um dispositivo cilíndrico simples possa tornar-se uma torre de flores usando simples água, solo e algumas mudas, bem como o lixo orgânico da cozinha como fertilizante. É uma ideia inovadora que faz com que seja possível cultivar plantas, mas também alimentos, como frutas e vegetais, utilizando um sistema muito simples, mas um pouco caro: o preço oferecido pela empresa que distribuiu o vídeo é de cerca 200 dólares.

tubo-de-flores

Na verdade, você pode utilizar o simples faça-você-mesmo! Vamos ver como. Os componentes de que você precisa são:

- um grande vaso de plástico - uma rede de jardim - um tubo de plástico alto quando a rede - pedras - fio de ferro ou laços - fita adesiva - encerado de plástico - plantas floridas (ou aquelas que você escolher)

É importante que o vaso seja furado; abaixo, você também pode colocar um pires para recolher a água, que será posteriormente reutilizada. Mas vamos explicar passo a passo o processo.

flores-verticais Coloque a rede no vaso, formando um cilindro enrolando-a dentro, tocando seu perímetro. Depois disso, depois de ter selado uma das duas aberturas do tubo com a fita adesiva, enfie-o no centro do cilindro que você acabou de criar, tendo o cuidado de fixá-lo com as pedras, de modo que não se mexa. Tudo isso deve ser, em seguida, coberto do interno por um encerado de plástico que pode ser facilmente fixado à estrutura por meio de laços ou com o fio de ferro. A estrutura, portanto, nada mais é que uma composição de dois cilindros concêntricos. A parte exterior, entre o tubo e a rede, deve ser preenchida com o solo, a interior, no entanto, com solo e fertilizantes, e é aqui que os restos de cozinha se revelam úteis, como o café em pó usado, excelente para a fertilização.

Um encerado bastante "macio" irá permitir que você faça furos com bastante facilidade nos pontos onde inserir, a seu gosto, as mudas. Os buracos deverão chegar até ao tubo interior. Você também pode tentar colocar umas sementes na parte inferior da estrutura, antes de cobrí-la com o solo, e também com os "lombrigos" de jardim, muito úteis para criar as condições ideais neste pequeno ecossistema para a fertilização e o crescimento saudável das plantas que você escolheu.

[embed]https://youtu.be/IxF3jq7nS2k[/embed]

Os lombrigos, de fato, através de seus resíduos orgânicos e seus movimentos, irão enriquecer o solo, conseguindo também, minimamente, a "misturá-lo" e movê-lo até mesmo de baixo, onde é fácil que se crie mofo ou condições que possam apodrecer as raízes. A vantagem é que para regar é suficiente derramar água "de cima", porque a estrutura foi projetada para que possa descer naturalmente de cima para baixo, devido à gravidade, também puxando junto os nutrientes que acha durante o trajeto, vindos do tubo interior que, furado, os liberta para o cilindro exterior.

Se você usar um pires você também pode coletar o excesso de água, que será fertilizante rico, tendo passado por todas as camadas da torre, e, portanto, particularmente adequado para ser reutilizado. Um sistema inovador e realmente barato, útil não só para a reciclagem de lixo orgânico, mas também para ter sempre plantas saudáveis e até mesmo alimentos que crescem em casa!

Página 1 de 1
Responsive Menu Clicked Image