Lanche: o que nunca disseram para voçê

snacks

1) CARACTERÍSTICAS DE UM LANCHE SAUDÁVEL:

As estatísticas falam por si: as nossas crianças estão engordando cada vez mais acima do peso ideal, sem falar do risco de obesidade. As razões deste fenómeno residem no estilo de vida mais sedentário de hoje, mas também, e especialmente, na alimentação. Essa se tornou muito rica em gordura e açúcar, ingerido principalmente na forma de lanches, doces e junk food de alto teor calórico. Pense nesse problema: dois lanches, como refeição são um bom ponto de partida para se tornar obesos, diabéticos e ter problemas cardiovasculares. Que características deve ter o lanche perfeito para as crianças? De acordo com nutricionistas, deve compor o 5% do total de calorias consumidas por uma criança de oito anos. Especificamente, este lanche ideal deve ser composto por: 90 kcal, 1,6 g de proteína, 12,4 g de carboidratos <1 g e 00.14 gramas de sal.

2) CARACTERÍSTICAS DOS 3 LANCHES MAIS VENDIDOS :

Agora, vamos examinar três dos lanches mais vendidos nos supermercados, analisando o conteúdo e descobrir se eles são adequados para o consumo diário.

A) Coxinha: vamos analisar a tabela nutricional. Cada peça contém: 169 kcal, 1.56 g de gordura saturada, 20,7 g de carboidratos, 5.7 gramas de proteína, 7,08 gr de gorduras totais.

B) Sorvete Kibon de chocolate: vamos realizar a mesma análise. Estes são os valores nutricionais por peça deste lanche: 109 kcal, 4,8 g de gordura 2,5 da qual é gordura saturada , 15 g de carboidratos, 1.9 gramas de proteína.

C) Doritos sabor queijo: vamos prosseguir da mesma maneira. Um pacote de Doritos contém: 275 kcal, 6.88 de gordura saturada, 30.25 g de carboidratos, 2.75 de proteína.

Comparando estes dados com os dados do que deveria ser o lanche perfeito, não é difícil concluir che nenhum dos três produtos se aproxima nem de longe dos padrões. Sendo muito ricos em calorias, gorduras saturadas e açúcares simples, é essencial limitar o consumo desses produtos e evitar que seu consumo não se torne um hábito diário.

3) O QUE PODEMOS COMER DE LANCHE?

Refletindo e pensando bem, é certo sacrificar a qualidade de um bom lanche em troca de um produto que não requer nenhuma preparação, mas que com seu consumo diário causa um aumento de peso não indiferente, além de aumentar o risco de doenças cardiovasculares e de obesidade? A boa notícia é que, ao invés de deixar nossos filhos comer um ou dois lanches por dia, nós podemos escolher alternativas muito mais saudáveis: vamos ver algumas.

A) Fruta seca: excelente para ser consumida como um lanche, um punhado de amêndoas, avelãs ou nozes garante um bom suprimento de nutrientes que não incluem açúcar ou gorduras perigosas;

B) Fruta desidratada: embora a sua aparência não seja das melhores, além de ser saudável é muito saborosa, e com certeza as crianças vão gostar;

Com um pouco de atenção, resumindo, podemos garantir que a dieta das nossas crianças seja equilibrada, afastando o risco de obesidade, diabetes e de outras doenças.

Página 1 de 1
Responsive Menu Clicked Image