MIRACULINA, A FRUTA-MILAGROSA QUE VAI APOSENTAR O AÇÚCAR?

miraculina-fruta-milagrosa

O açúcar foi chamado de "veneno branco" (junto com o sal e farinha). Porque? Porque como muitos sabem o açúcar - se consumido em excesso - é responsável por várias doenças, da obesidade até o diabetes. Parece que o açúcar, em vez que adoçar nossa vida, a esteja arruinando. Apesar de sua produção a partir de um produto natural, a beterraba ou a cana-de-açúcar, é precisamente o processo de produção industrial que transforma o açúcar matando as substâncias vitais e as vitaminas naturalmente presentes. O que deveria ter sido uma importante fonte de energia para as funções do organismo, o açúcar, na realidade, por como é atualmente produzido, está provando ser uma substância tóxica da qual, entre outras coisas, não sabemos com certeza a quantidade que assumimos entre doces, sobremesas e bebidas. O papel do açúcar (e acima de tudo a responsabilidade) sobre a obesidade tem sido questionada à nível científico. Em geral, aqueles que excedem as suas necessidades energéticas, consumindo muitas calorias como o açúcar podem enfrentar um aumento de peso ao longo prazo. Alguns estudos, realizados principalmente no Reino Unido, têm relatado que um alto consumo de bebidas açucaradas e sucos de frutas está associado a um maior IMC (Índice de Massa Corporal) ou o aumento do peso corporal.

E ainda assim no mercado estão aparecendo (embora com dificuldades decorrentes da presença maciça de multinacionais do açúcar) alternativas sustentáveis e saudáveis no lugar do açúcar. Uma delas é a proteína da miraculina naturalmente presentes nos frutos de Synsepalum dolcificum, que poderia adoçar a vida sem conseqüências perigosas para a saúde. Mas antes vamos conhecer melhor a fruta-milagrosa. O Synsepalum dolcificum é nativa da África Ocidental, cujas bagas parecem mágicas, pois têm a capacidade de transformar, com a mastigação, qualquer coisa que genha um gosto amargo em doce. A baga em si não tem sabor, mas se associada com alimentos e bebidas amargas, ele transforma o gosto em doce (SAIBA MAIS A PARTIR DA PÁGINA 2).

Página 1 de 3
Responsive Menu Clicked Image