NÃO JOGA FORA O LIXO FAZ DOIS ANOS: VEJA COMO CONSEGUE NÃO PRODUZIR LIXO (INCRÍVEL)

conservar-o-lixo

Com a poluição aos níveis máximos e a atitude desrespeitosa cada vez mais frequente das pessoas para com o ambiente, o indivíduo ainda é capaz de produzir - de acordo com estatísticas – cerca de 1 kg de lixo por dia, dado que parece justificar plenamente a IPTU vulgarmente conhecida como taxa do lixo. Em um Brasil ainda pouco desenvolvido e ainda não acostumado com a lógica da poupança a situação é assim, mas o comportamento exemplar e inesperado vem de Melbourne, onde a designer australiana de 31 anos Erin Rhoads nos mostra que viver sem desperdício e em plena eco-sustentabilidade é possível e depende apenas de uma questão de sensibilidade subjetiva. A mulher, resumindo, produziu em um par de anos, somente um jarro de lixo. O segredo: proibir o consumo de plástico, extremamente prejudicial porque difícil de eliminar.

Sua aventura "plastic free" começou em junho de 2013, depois de ter tido conhecimento do fato de que o material plástico é substantivamente equivalente a uma arma mortal capaz de danificar e, ao longo prazo, matar o planeta com uma violência sem precedentes. Por 18 meses o lixo de sua casa ficou vazio, exceto por um pequeno recipiente de vidro com dentro um pequeno punhado de resíduos considerados segundo Erin "inevitáveis": rótulos de roupas, recibos e canudinhos. A revelação na histórica estrada de Damasco ( citação bíblica) chegou como resultado da visão do documentário "The Clean Bin Project", em que o protagonistas é um casal canadense que por um ano tentou de perseguir o objectivo de não comprar nada de novo para evitar, assim, a produção de lixo. O ARTIGO CONTINUA DA PÁGINA 2 >>

Página 1 de 3
Responsive Menu Clicked Image