O SAL DO HIMALAIA: USOS E VANTAGENS DO SAL ROSA

sal-himalaia

O sal do Himalaia também é conhecido como sal rosa, graças à sua cor natural, devido à presença de minerais que causam esta cor particular. Vem de algumas áreas do Paquistão, localizado a poucas centenas de quilómetros da famosa cordilheira, que deu origem ao seu nome. É um sal de montanha usado na culinária especialmente pelas pessoas que prestam atenção à própria saúde, pois segundo algumas fontes traria benefícios para a estabilização do açúcar no sangue. No entanto, os resultados benéficos da utilização deste tipo de sal são variados: por exemplo, alguns dizem que o uso em pequenas quantidades ajuda a regular a pressão arterial, com benefícios ainda maiores do sal integral.

Algumas pessoas argumentam que o sal rosa também ajuda o corpo a se livrar das toxinas; seria suficiente para tomar um banho em água quente para aproveitar dos seus benefícios. O sal do Himalaia também pode se tornar o ingrediente básico para fazer uma solução salina, que possa ser utilizada no caso de sinusite, constipações e outros distúrbios respiratórios.

Para usar o sal rosa numa solução salina, são suficientes dez gramas de sal e um litro de água, eventualmente proveniente de uma fonte. É necessário colocar o sal em um recipiente de vidro hermético com uma capacidade de pelo menos um litro e adicionar água à temperatura ambiente. Depois de fechar o frasco com força, este deve ser deixado descansar por pelo menos três horas; a solução salina está pronta.

Para resolver os problemas respiratórios, a solução pode ser utilizada como se fosse uma solução salina normal para a lavagem ou aerossóis. Alguns também podem querer beber uma mistura de água e sal, tomando cuidado para dissolver uma colher da solução em um copo de água. A solução salina obtida pode ser usada até acabar, pois não tém uma data de vencimento. Algumas pessoas usam o sal do Himalaia para muitos outros usos: outras dicas podem ser achadas neste blog.

Página 1 de 1
Responsive Menu Clicked Image