O Titanic: veja como é hoje, a 3810 metros no Atlântico

titanic-1

1- INTRODUÇÃO

A história do Titanic é uma das mais encantadoras, fascinantes e assustadoras do século XX, também por causa dos filmes que foram inspirados nela: mas como ficou, hoje, o destroço do navio depois de pouco mais de um século de seu afundamento? Uma expedição subaquática conseguiu conhecer as condições do Titanic, que está localizado no fundo do Oceano Atlântico a quase quatro quilômetros de profundidade: para ser mais preciso, 3810 metros abaixo do nível do mar. Se alguns anos depois do desastre, pensava-se que nenhum homem jamais poderia rever o Titanic, do qual restava apenas um esqueleto de metal no abismo do mar, hoje a situação mudou.

Mas o que é a história do naufrágio? O navio se pousou no fundo do mar pouco depois das duas da manhã de 15 de abril de 1912, destinado a não se mover mais deste local, a uma profundidade de cerca 4 mil metros. A porção continental mais próxima era a costa Atlântica da Newfoundland, a cerca de 900 quilómetros de distância. O geólogo Robert Ballard quis dedicar sua vida à descoberta do destroço; em 1973 começou a pesquisa que tornou possível encontrar o Titanic e com sua equipe inspecionou as profundezas a bordo do navio Knorr. VEJA AS OUTRAS FOTOS DA PÁGINA 2>

[embed]https://youtu.be/s18HNK6iZtQ[/embed]

Página 1 de 3
Responsive Menu Clicked Image