O uso prolungado de Facebook pode deprimir

facebook_notifiche

Segundo um estudo recente, o uso prolungado de Facebook pode causar tristeza«Em vez de aumentar o bem-estar, descobrimos como o uso de Facebook cause o resultado contrário, deprimindo». Essa é a hipótese de  Ethan Kross, autor desse estudo publicado na revista Plos One e curado do departamento de psicólogia e da Universidade do Michigan em Ann Arbor. O estudo foi realizado sobre uma amostra de 82 jovens cadastrados em Facebook e que possuivam um smarthphone com a possibilidade de entrar na rede social em qualquer momento.

Em duas semanas os pesquisadores mediram o nível de bem-estar dos subjetos analizados primeiro e depois ter acessado o próprio perfil facebook. Cada tarde os jovens subjetos da pesquisa, tinham que preencher um questionário para expressar o grau de satisfação geral e os resultados mostraram que aqueles que mais usavam a rede social eram os mesmos a dar as respostas mais negativas, ao contrário de quem passava o dia com contatos diretos, que deram respostas mais positivas.

O estudo então destacou a ligação entre o uso de facebook e a tranquilidade individual. O que os pesquisadores descobriram é que passar muito tempo consultando mudanças e atualizações  de fotos de amigos e familiares torna tristes e frustrados. Além disso os pesquisadores descobriram que a interação pessoal ou feita por telefone não influenciam em maneira negativa o humor, mas ao contrário, tem efeitos positivos.

Outro estudo, realizado das universidades alemãs de Humboldt e de Darmstadt sobre  584 jovens usuários de Facebook demonstrou como  o uso da rede social possa alimentar emoções negativas, como inveja, consequência natural ao assistir aos sucessos e as vicissitudes dos outros.

Página 1 de 1
Responsive Menu Clicked Image