ODÔMETRO: MUITOS FORAM ADULTERADOS .. VEJA COMO PERCEBER:

fraude-odometro

Diminuir a contagem dos quilómetros percorridos, em carros que são vendidos de segunda mão, é uma prática bem conhecida e difundida. Na prática, quando se decide de vender o próprio carro a um terceiro, pode-se ir até um mecânico cúmplice, capaz de reverter o odômetro, para dar a impressão que o carro tenha sido menos utilizado do que na realidade . É uma verdadeira fraude, já que o preço de um carro de segunda mão, também cresce de acordo com o número de quilómetros percorridos, e se alguém diminuir esse número de milhares e milhares de quilômetros, como por magia o carro parecerá muito mais jovem. Alguns chegam a remover até 50.000 quilômetros e mais, e isso determina um aumento do preço do carro de milhares de reais, também dependendo do modelo, do fabricante e do ano de registro.

É uma coisa que pode acontecer entres privados, mas também comprando um carro de segunda mão em uma concessionária de carros. É um método que é frequentemente usado também pelas agências que alugam carros, para dar um "refrescada" aos veículos da empresa, quando o dono decidir de vender e, de fato, até mesmo os clientes das agências de aluguel de carros têm o habito de "retocar" o odômetro antes de devolver o carro, para pagar uma quilometragem menor. Como, então, descobrir se o hodômetro foi adulterado? Existe uma maneira para desmascarar esta fraude, aplicada em 40% dos casos de venda de carros usados? Sim.

odometros-adulterados Odômetro adulterado? Descubra assim!

O caminho certo para descobrir se o odômetro foi adulterado, é ir para uma oficina para executar um diagnóstico electrónico. Assim, você vai cancelar qualquer dúvida. Nem todas as oficinas, no entanto, são fornecidas com o instrumento necessário para realizar este tipo de verificação. Existem outros métodos, mas exigem um pouco de atenção: aqui estão as dicas para aplicá-los.

1) Em primeiro lugar, é bom saber que os quilômetros anuais percorridos em média  pelos carros, são aproximadamente 20.000 km. São números divulgados pelas principais companhias de seguros. Portanto, se você está comprando um carro homologado por exemplo, há 4 anos, o odômetro deveria marcar um número perto de 80.000. Continua na página 2.

Página 1 de 2
Responsive Menu Clicked Image