Os carros inteligentes enxergam também nos pontos cegos

Uma das novidades mais relevantes que caracterizam os carros inteligentes é a capacidade de enxergar os pontos cegos, graças à soluções tecnológicas que reduzem ao mínimo os perigos. Essa capacidade depende de aparelhos de monitoração que funcionam com sensores de ultra-som ou com câmaras, que normalmente ficam no pára-choque, e possuem a tarefa de medir a velocidade e distância dos outros veículos, indicando motocicletas ou carros que estejam superando com luzes ou alarmes de som.

É uma possibilidade bem importante, que permite anular os riscos causados por pontos cegos, ou seja aquelas porções de espaço atrás do carro que ficam invisíveis, e que - por exemplo - bloqueiam a visão dos veículos na etapa da ultrapassagem.

Com os carros inteligentes os pontos cegos são eliminados; os alarmes e os sensores podem alertar o motorista da presença de veículos que , mesmo não entrando nos pontos cegos, se aproximam rápido demais e por isso podem ser perigosos em uma possível ultrapassagem.

Página 1 de 2
Responsive Menu Clicked Image