OS CARROS QUE VIRAM OBRAS DE ARTE

enfeite-gelo-carro

O inverno é capaz de transformar os carros em obras de arte. Como? Simplesmente por causa - ou graças - dos cristais de gelo que, por causa da queda de temperaturas, se formam em várias partes dos carros, dos espelhos até as portas, das janelas até o pára-brisas, dos faróis até as cavas das rodas. Nos dias mais frios, na verdade, criam dificuldades para a circulação devido à geada, especialmente tornam impossível abrir a porta por causa do gelo cristalizado, mas ao mesmo tempo dão origem a criações completamente naturais capazes de deixar sem palavras e de queixo caído por sua beleza e por sua aparência literalmente encantadora. Eles são, em resumo, o lado mais mágico da estação do inverno, o mais original e o mais inimitável, provavelmente impossível de copiar por qualquer artista.

E então em todos os países frios não há mais nada à fazer, se não esperar os últimos dias de Janeiro (ou de julho no hemisfério sul), os dias segundo a tradição, mais frios do ano, para assistir à essas excelentes criações glaciais. Acordar de manhã com o carro coberto por neve ou gelo, então, pode ser mais bonito se o frio criou formas, enfeites ou ornamentos fantásticos. Também o frio tem seu próprio charme, mesmo para os fãs do verão e para aqueles que não podem ficar sem mar, praias e sol. O segredo é olhar para a paisagem ao nosso redor com o olhar certo, tentando compreender a poesia de um cristal ou uma formação de neve que caiu num Renault ou em um Clio ou um Fiesta (VEJA FOTOS DA PÁGINA 2).

Página 1 de 3
Responsive Menu Clicked Image