OS OBJETOS MAIS SUJOS DOS HOTÉIS: VEJA O QUE NÃO TOCAR

quartos-limpeza-hotel

Apesar que cada vez que você vai em um hotel tenha a sensação de entrar em um ambiente limpo, lindo e totalmente higienizado, ao contrário, é verdade exatamente o oposto: os quartos são, de fato, um verdadeiro reservatório de germes e bactérias. Não pense, porém, que um hotel de 5 estrelas seja um sinônimo de limpeza e higiene. Basta dizer que uma investigação recente da CBC Television no Canadá descobriu que os alojamentos, do ponto se vista da falta de higiene, são iguais, independentemente do fato de serem ou não de um hotel de luxo. Mas como é possível tal situação, apesar do fato que é realizada regularmente a limpeza dos quartos por uma equipe especializada? De acordo com especialistas, é muito provável, que a propagação de germes e bactérias seja favorecida pelo fato de que os faxineiros usam sempre as mesmas ferramentas de trabalho (esponjas, panos, toalhas, etc.), que representam a principal via de propagação dos microorganismos.

Os 7 objetos mais sujos que você toca em um hotel

Mas quais são os objetos mais "arriscados" que é possível encontrar em um hotel e seria melhor evitar de tocar absolutamente? A revelação vem de uma pesquisa realizada por pesquisadores da Universidade da Carolina do Sul, que têm meticulosamente analisado todos os objetos e os móveis encontrados nos quartos de hotel em diferentes categorias. DESCUBRA OS 7 OBJETOS MAIS SUJOS DOS HOTÉIS NAS PRÓXIMAS PÁGINAS >>

Página 1 de 5
Responsive Menu Clicked Image