PORQUE AQUECER O MOTOR É UMA COISA INÚTIL

motor-esquentar-1

1 – Introdução

Quem costuma aquecer o motor do carro antes de sair pelas ruas deve saber que, na realidade, este comportamento é de pouca utilidade. Aliás, para dizer a verdade esta operação não permite que as partes mecânicas do veículo cheguem à temperatura de funcionamento certa, resultando no efeito oposto ao desejado. Isto é devido ao fato que os componentes do motor se esquentam com os tempos e de maneiras diferentes um do outro: por exemplo, as válvulas de escape, que estão mais em contato com os gases de escape, são aquecidos de forma mais rápida, enquanto que a cabeça do motor precisa de mais tempo para assegurar o mesmo aumento de temperatura, já que também é caracterizada por uma maior quantidade de metal.

2 – O que fazer

O questão é que, para assegurar que o carro possa ter um desempenho ideal e, acima de tudo, durar o mais possível, no decurso do tempo, é necessário que o aquecimento do motor seja mais homogéneo possível: consequentemente, é melhor não permanecer com o carro ligado, mas é preferível partir de uma só vez, para ter certeza de que a temperatura interna possa ser ajustada pelo líquido do circuito de esfriamento de uma maneira equilibrada. Continua da página 2>

Página 1 de 3
Responsive Menu Clicked Image